Mesmo negociando com sequestradores, Datena não consegue elevar os índices do ”Brasil Urgente”

A edição desta quarta feira (28/11) do ”Brasil Urgente” não teve modificações em seus números. O jornalístico de José Luiz Datena continuou na mesma, ao contrário do que se pensava anteriormente, que com uma negociação de sequestro seus índices iriam dobrar, triplicar, enfim…

o telejornal marcou 5 pontos de audiência, o mesmo que vinha registrando nos demais dias. Isso, considerando a exibição nacional e local, comandada por Márcio Campos. Apedar disso, em alguns momentos chegou a superar o ”Cidade Alerta”, da Record.

Mas nem por isso ficou á sua frente. Comandado por Marcelo Rezende, o noticiário da concorrente continuou bem e fechou com média de 8 pontos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s